31 de jan de 2007

Perfil

Estava passeando no blog do Vini e encontrei um link para um teste de auto-conhecimento (se é assim que se escreve). Taí o meu. Algumas coisas são reais...outras eu preciso analisar melhor pra concordar, mas valeu!

Seu perfil: ESTJ

(Extroversão Sensação Pensamento (Thinking) Julgamento)

Você vive num mundo de fatos e de necessidades concretas. Sua cabeça está no presente, com sua mente analisando constantemente seu ambiente pessoal para garantir que tudo esteja funcionando bem e de uma maneira sistemática.

Você procura honrar leis e costumes, e tem um forte sistema de valores. O problema é que você espera o mesmo dos outros, e acaba não tendo paciência nem compreendendo as pessoas que não pensam como você. Você valoriza competência e eficiência, e gosta de ver resultados rápidos para seus esforços.

Você tem facilidade para assumir o comando das coisas, e é muito bom nisso. Com uma visão tão clara da maneira como as coisas deveriam funcionar, você assume cargos de liderança naturalmente, onde acaba por aplicar sua agressividade e autoconfiança.

Mas você também pode ser excessivamente rígido e crítico com as pessoas, pois você tem a tendência de falar diretamente aquilo que pensa, especialmente se observar alguém não está se comportando de acordo com os seus critérios. O lado bom é que suas críticas são claras fáceis de entender, pois você vai direto ao assunto, e fala somente aquilo em que acredita. Por isso você deve ficar atento à maneira como fala.

Você também deve se esforçar para compreender e valorizar a maneira como outras pessoas vêem o mundo -- pois você poderá acabar aprendendo algo novo. E, se você não aprender a dar atenção aos sentimentos, você também pode acabar por magoá-las, fazendo com que se distanciem.

Você é uma pessoa que tem prazer em lidar com outros e em se divertir, podendo ser bastante animado e divertido em eventos sociais, especialmente em atividades voltadas à família, à comunidade, ou ao trabalho.

Mas quando abatido por uma situação estressante, você pode acabar se sentindo pouco compreendido e isolado, como se as pessoas não pudessem reconhecer seus esforços. Apesar de que normalmente você é bastante falante e não tem problemas para se expressar, sob estresse você pode ter dificuldades em transformar seus sentimentos em palavras, e, assim, em comunicá-los às outras pessoas.

Como você também é uma pessoa muito esforçada, geralmente faz tudo o que acha que deve ser feito no seu trabalho, casamento e comunidade, gastando uma boa quantidade de energia nisso.

Você é uma pessoa consciente, prática, realista, e confiável. Mas cuidado: ao mesmo tempo que você tem muita clareza para atingir e para defender suas metas e causas, você pode acabar tendo dificuldade de conseguir reconhecer ou valorizar a importância de qualquer ideal que esteja além daquilo que você estabeleceu como importante.

Tente manter a mente um pouco mais aberta para reconhecer a importância prática dessas metas, e mais cedo ou mais tarde você acabará se surpreendendo pelo aumento de clareza e de segurança que isso trará para sua vida.

Atitude: Extrovertida

Temperamento: Guardião

  • Atitude (segundo Spranger): economica
  • Elemento: terra
  • Fonte de alegria (Aristoteles): aquisicoes
  • Simbolo mitologico (segundo Paracelso): gnomos (trabalho)
  • Temperamento (segundo Galen): colerico

Leia mais sobre seu tipo na comunidade ESTJ

Sua oração: "Senhor, ajude-me a ter mais confiança na capacidade dos outros. (Mas se Você tiver qualquer dificuldade, me avise, ok?)"

Se quiser fazer o seu:
http://www.gnubis.com.br/Teste
Abraços!

29 de jan de 2007

Salmo 6

Salmo 6 – (Samir)

1 SENHOR, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor.
2 Tem compaixão de mim, SENHOR, porque eu me sinto debilitado; sara-me, SENHOR, porque os meus ossos estão abalados.
3 Também a minha alma está profundamente perturbada; mas tu, SENHOR, até quando?
4 Volta-te, SENHOR, e livra a minha alma; salva-me por tua graça.
5 Pois, na morte, não há recordação de ti; no sepulcro, quem te dará louvor?
6 Estou cansado de tanto gemer; todas as noites faço nadar o meu leito, de minhas lágrimas o alago.
7 Meus olhos, de mágoa, se acham amortecidos, envelhecem por causa de todos os meus adversários.
8 Apartai-vos de mim, todos os que praticais a iniqüidade, porque o SENHOR ouviu a voz do meu lamento;
9 o SENHOR ouviu a minha súplica; o SENHOR acolhe a minha oração.
10 Envergonhem-se e sejam sobremodo perturbados todos os meus inimigos; retirem-se, de súbito, cobertos de vexame


Interessante como a intimidade, a proximidade com o Senhor são reveladas pelas palavras, ações de cada um de nós. Respeito e muitas vezes, uma certa dose de ousadia, saltam aos olhos na história de alguns personagens bíblicos.


Davi rasga seu ser diante de Deus expondo toda sua pequenez, toda necessidade de misericórdia vinda da parte de Deus para que sua vida volte a ser prazeirosa. Observar a expressão: “SENHOR, até quando?” – é constatar o limite da alma, é ver que já não havia outra esperança que não o Senhor. Você pode também parar no verso 5 e olhar os argumentos de Davi perante seu Deus. “Pois, na morte, não há recordação de ti, no sepulcro, quem te dará louvor?”


Davi sabia a quem recorrer nos seus apertos, nos seus tempos de angústia. Esse caminho é hoje aberto a nós, pelo Senhor Jesus. Ele nos aproximou ao Deus da graça, socorro presente, uma fortaleza instransponível! Que tenhamos o mesmo desespero na luta contra o mal. Desespero intenso de obediência, desespero bom. Desespero por louvar a Deus em tudo.

“Apartai-vos de mim, todos os que praticais a iniqüidade, porque o SENHOR ouviu a voz do meu lamento.”

23 de jan de 2007

Salmos 1 e 2

Por iniciativa de um irmão da igreja, eu, ele (Robson Lima) e o blogueiro Tiago Gonçalves (parceiro do SoMenteTuaGraça), passaremos algumas meditações diárias sobre os Salmos conforme passarem os dias postarei aqui. Abrindo a série os primeiros Salmos 1 e 2:

Sejamos Bem-aventurados!

Salmo 1

1 ¶ Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
2 Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

3 Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido.
4 ¶ Os ímpios não são assim; são, porém, como a palha que o vento dispersa.
5 Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores, na congregação dos justos.
6 Pois o SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá.

Salmo 2

1 ¶ Por que se enfurecem os gentios e os povos imaginam coisas vãs?
2 Os reis da terra se levantam, e os príncipes conspiram contra o SENHOR e contra o seu Ungido, dizendo:
3 Rompamos os seus laços e sacudamos de nós as suas algemas.
4 Ri-se aquele que habita nos céus; o Senhor zomba deles.
5 Na sua ira, a seu tempo, lhes há de falar e no seu furor os confundirá.
6 Eu, porém, constituí o meu Rei sobre o meu santo monte Sião.
7 ¶ Proclamarei o decreto do SENHOR: Ele me disse: Tu és meu Filho, eu, hoje, te gerei.
8 Pede-me, e eu te darei as nações por herança e as extremidades da terra por tua possessão.
9 Com vara de ferro as regerás e as despedaçarás como um vaso de oleiro.
10 ¶ Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos advertir, juízes da terra.
11 Servi ao SENHOR com temor e alegrai-vos nele com tremor.
12 Beijai o Filho para que se não irrite, e não pereçais no caminho; porque dentro em pouco se lhe inflamará a ira. Bem-aventurados todos os que nele se refugiam.


Sei por experiência própria que não é nada fácil ser Bem-aventurado, porém não deixo as dificuldades me abaterem, ao contrário, procuro na adversidade o aprendizado, e uso o mesmo como incentivo a uma vida onde meu prazer esteja na lei do SENHOR. Tudo isso requer de nós dedicação e esforço, pois o mundo e seus cuidados tentam nos afastar dos caminhos do SENHOR, tentam minar nosso prazer em estar nos átrios do SENHOR, tentam fazer com que nosso prazer esteja em outras coisas e não na obediência aos preceitos do PAI.

Hoje darei inicio a leitura dos SALMOS, e convido os irmãos a me acompanharem em mais esta jornada, nessa nossa busca constante de sermos Bem-aventurados. Continuem a leitura diária da PALAVRA e meditem em seus ensinamentos de dia e de noite.

Deus amado; conceda-nos a graça de sermos aos teus olhos Bem-aventurados.

Graça e paz amados irmãos!

Robson Lima

20 de jan de 2007

Teu nome é Santo....

Dias diferentes esses dias...lembro que se tivesse uns anos a menos talvez ja correria para minhas agendas onde registraria alguns pensamentos....esses pensamentos.
As vezes as coisas são difíceis...to meio triste por ver minha mae fraca...to triste por ver algumas coisas dificeis de alcancar....e parece as vezes que nao vou mesmo conseguir seguir com minhas ideias, com meus objetivos....sei lá pensamentos mil na cabeça heheh. Sempre fui assim...pensar demais ajuda mas também deixa a gente um pouco doido.
Mas passa. Sempre passa...
É ouvir uma canção, conversar com alguém manso, uma oração, uma ação...
Acabo de ouvir uma das músicas que mais gosto...e deu uma vontade de chorar...como quando eu era menino hehe...sempre choro. Choro pelas coisas que tenho convicção, pelo Amor de Deus por mim, que mesmo tão insignificante e ingênuo...sou cuidado....muito bem cuidado.

"Não há outro como TU. Só TU és Deus...Tu és o maior...
Senhor da minha vida, Senhor do meu coração. A Ti levanto as minhas mãos para Te adorar e sempre proclamar: Teu nome é Santo...Teu nome é Santo....Teu nome é Santo...
Santo...Santo...Santo és Jesus..."

Vou preparar minha aula agora. Estou bem. É questão de calar a alma e deixar que Deus somente, fale ao coração...

Lembro de um versículo: Por que estás abatida minha alma? Espera em Deus pois ainda o louvarei....

Obrigado Senhor.

17 de jan de 2007

No princípio

Acredito que para Deus o princípio não foi tão difícil quanto para mim; Claro, uma brincadeira pois ultimamente tenho visto quão complicado iniciar um projeto e levá-lo adiante. Sempre ocupamos o tempo com nosso trabalho, amigos entre outras coisas, deixando um tempo de reflexão para hora seguinte, momento que em sua grande maioria das vezes, estamos exaustos.
Sem mais delongas, a leitura do primeiro capítulo da Bíblia me fez ver algumas coisas que não havia observado ainda:

. As águas já existiam no início, pois o Espírito de Deus pairava sobre elas.

. Logo de início, Deus decreta a existência da luz e apenas no quarto dia fez o Sol, Lua e estrelas. Nós sabemos que a lua e as estrelas refletem a luz solar, mas meu pensamento ficou buscando a imagem do mundo sem sol e lua, com iluminação. Os três primeiros dias correram assim.

. Após a criação do homem, há um relato sobre a alimentação dos seres viventes...me parece que não só o homem, mas todos os animais eram vegetarianos. Final do verso 28:

Disse-lhes mais: Eis que vos tenho dado todas as ervas que produzem semente, as quais se acham sobre a face de toda a terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dê semente; ser-vos-ão para mantimento.

Preciso conferir...se alguém souber, me ajude. Para leitura do capítulo, recomendo o site: www.bibliaonline.com.br. Fácil e rápido.

16 de jan de 2007

Desafios..

Ah, que beleza. Depois de 2 anos finalmente terminei de ler a Bíblia completamente. É, foi muito tempo mas fui no meu ritmo, sem pressa ou desespero. Nesse tempo, muita coisa aprendi e agora a peneira vai aumentar. Tomava 3 capítulos do Antigo Testamento e 3 do Novo Testamento, na maioria dos dias. Claro que algumas vezes acabava lendo menos ou até mais, mas o fato é que para a próxima vez lerei 1 capítulo por dia e farei as análises básicas de um simples leitor. Na medida em que as dúvidas aparecerem, corro atrás de outras fontes para esclarecimento. Quem quiser entrar nesse desafio, pode aparecer por aqui e comentar e me ajudar também.

Fiquei muito feliz por finalmente alcançar esse objetivo. Simples, mas de fundamental importância para conhecer melhor o "manual de instruções". 2007, um novo ano e novas lutas e desafios.
Aí vou eu!!!

Amanhã já começa com o 1º capitulo de Gênesis.